Fixação de Implante em Rebordo Estreito, com Expansão Óssea

  Caso clínico, 21 de Jun de 2016

Resumo

Rebordo no limite para ocorrer ou não uma fenestração do implante ou mesmo das brocas no preparo do alvéolo, com 3,5 mm de diâmetro e rebordo com 3,3 mm no 1/3 cervical.Neste caso lançamos mão de expansão óssea com o uso de expansores rosqueáveis e uso apenas da broca lança. Conseguimos uma ótima estabilidade do implante mas nem por isso resolvemos por carga imediata por motivo de oclusão ainda não ajustada, ausência de muitos dentes posteriores, sobrecarga nos dentes anteriores...paciente está em uso de uma PPR com grampos em caráter provisório.

Vídeos do caso

Fixação de implante CM em rebordo estreito
Rebordo no limite para ocorrer ou não uma fenestração do implante ou mesmo das brocas no preparo do alvéolo, com 3,5 mm de diâmetro e rebordo Leia mais

Envie seu comentário

Cadastre-se grátis e opine sobre este caso clínico.

Autor

Veja mais

Dr. Marcos Bicalho

Cirurgião-Dentista

 Muriaé, MG

Clínico e implantodontista. Área de maior atuação: Reabilitação Oral, implantes e prótese sobre implantes.

Cursos Online em destaque

Pesquisar produtos

Veja mais no Catálogo

Você é dentista?

Crie seu perfil para interagir com Dr. Marcos e mais 120 mil dentistas.

Conecte-se com Facebook

Oferecimento