Principais Afecções Orais Que Interferem no Rendimento Esportivo

  Artigo, 29 de Jan de 2011

Para os profissionais do esporte há uma busca incessante por melhorias no seu desempenho, baseado no acompanhamento médico, nutricional, psicológico e físico. Recentemente essa atenção também se voltou para a saúde bucal uma vez que um dente infeccionado pode alterar em até 22% o rendimento de um atleta. Na necessidade de uma maior atenção ao esportista, surgiu a Odontologia Desportiva, com o intuito de promover uma melhoria na condição oral dos indivíduos pertencentes a esse grupo. Este trabalho visa mostrar aos profissionais e acadêmicos essa nova área promissora na odontologia.

RENDIMENTO ESPORTIVO

O desempenho esportivo é a denominação dada à unidade de execução e resultado de uma seqüência complexa de ações esportivas. Para competir, o atleta deve estar preparado física, técnica, tática e psicologicamente para se destacar entre aqueles que praticam determinada modalidade esportivas. Nos modelos de desempenho esportivo, propostos na literatura, a aptidão física junto com a condição física, a técnica e a tática esportiva são consideradas condições pessoais diretas ao desempenho esportivo. Baseado nisso, a saúde bucal do atleta deve estar em dia para que ocorram melhores resultados.

Nas imagens encontram-se as principais afecções que interferem no rendimento do atleta.

CONCLUSÃO

Baseado nessas evidências fica clara a importância da presença do cirurgião-dentista como membro da equipe multidisciplinar na atuação esportiva, justificando assim uma maior atenção para essa nova área da odontologia.

Fotos do artigo

Envie seu comentário

Cadastre-se grátis e opine sobre este artigo.

Autor

Veja mais

Dr. Bruno Soares

Cirurgião-Dentista

 São Luís, MA

- Clínica Geral

- Atendimento adulto e infantil

Cursos Online em destaque

Pesquisar produtos

Veja mais no Catálogo

Você é dentista?

Crie seu perfil para interagir com Dr. Bruno e mais 120 mil dentistas.

Conecte-se com Facebook