Aparelho Fixador de Fio Dental Auxilia Higienização Bucal de Pacientes com Necessidades Especiais

  Artigo, 03 de Jun de 2019

A escova de dentes e o fio dental são os principais aliados da boa higienização bucal para o combate à cárie e às doenças periodontais. Utilizar esses recursos no dia a dia parece fácil, porém há pessoas que possuem limitações que impedem o uso correto deles, como é o caso dos pacientes com necessidades especiais.

E foi pensando neles, que o Dr. Marcelo Coelho de Carvalho, periodontista e implantodontista de Cuiabá (MT), criou um aparelho fixador e passador de fio dental, que permite que a pessoa passe o fio dental, em todos os espaços entre os dentes, com apenas uma mão.

Carvalho conta que se inspirou em uma paciente para criar o aparelho. “Ela tem agenesia [atrofia que acontece na fase embrionária] de um braço, apresentava um quadro clínico de gengivite e me disse que tinha vergonha de pedir para alguém da família passar o fio dental por ela”.

O periodontista explica que os modelos disponíveis no mercado são pequenos e, por isso, levam a placa bacteriana de uma região contaminada por bactérias para outra sem a doença periodontal. “Os modelos de passa fio existentes no mercado têm um pedaço curto e fixo de fio dental. Procurei desenvolver um protótipo em que o fio dental possa correr nas extremidades e sempre ser renovado”.

O primeiro protótipo foi feito em massa epóxi. Depois, Carvalho desenvolveu todo o seu projeto em 3D com os pesquisadores da Faculdade de Engenharia Mecânica, da Unicamp. Em seguida, ele contratou uma empresa de prototipagem para entregar 50 unidades do aparelho para a professora Dr.a Tatiane Marega, que é coordenadora do curso de Especialização em Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais, da São Leopoldo Mandic. Ela testou o fixador de fio dental, nos pacientes especiais da clínica da Faculdade, e aprovou o resultado.

Patente

A patente do fixador de fio dental já foi registrada no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Intelectual). E é o projeto de mestrado em Implantodontia de Carvalho, realizado na Faculdade São Leopoldo Mandic, em Campinas (SP), e orientado pela professora Dr.a Daiane Peruzzo.

O aparelho é muito simples e pode ser usado por enfermeiros, cuidadores, dentistas e familiares do paciente especial. Ele também pode ser útil para pessoas que não têm limitações motoras, mas que querem ter mais um recurso para a higienização bucal. Possui cabo, centro para apoio com quatro furos, bifurcação com duas extremidades e dois furos cada, para a passagem e fixação do fio dental.

O fixador de fio dental pode ser produzido com material acrílico, plástico ou compósito, desde que possa ser desinfetado, e tem custo final baixo, próximo ao de uma escova de dentes. O pesquisador afirma que pretende tornar pública sua patente. “Apenas quero que os aparelhos sejam fabricados. Não quero ganhar nada. Não somos responsáveis pelo o que criamos, mas sim pela ideia que plantamos”.

Fotos do artigo

Envie seu comentário

Cadastre-se grátis e opine sobre este artigo.

Autora

Veja mais

São Leopoldo Mandic

Instituição de Ensino

 Campinas, SP

A Faculdade São Leopoldo Mandic, credenciada pelo Ministério da Educação, oferece Graduação e Pós-graduação nas áreas de Odontologia e Medicina, sendo reconhecida... Leia mais

Pesquisar produtos

Veja mais no Catálogo

Você é dentista?

Crie seu perfil para interagir com São Leopoldo Mandic e mais 90 mil dentistas.

Conecte-se com Facebook

Oferecimento